Posts Tagged ‘Sumiço’

h1

Sumida

agosto 18, 2009

“Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo
quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando
melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro
antes, durante e depois de te encontrar.
Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de
lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar.
Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é
covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque
sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência,
pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu
lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua
desajeitada e irrefletida permanência.”

Martha Medeiros

Criei muitas paradas no caminho e, sem perceber, algumas pessoas foram chegando, chegando e de repente já eram mais que três. Não que eu não as quisesse, mas talvez eu não esteja em condições de mantê-las com a devida atenção que cada uma merece, e por isso estou sumindo aos poucos. Um pouco covarde? Talvez. Mas prefiro acreditar que é um ato corajoso, já que corro o risco de magoar alguém e isso é justamente o que não quero. Apenas peço paciência. O clima é de instabilidade e é preciso preparar-se tanto para chuvas e trovoadas, quanto para sol e claridade. Atentem apenas para a beleza que existe em ambas as estações. Me perdoem se estou sumindo.