Archive for maio \29\UTC 2011

h1

Decidir

maio 29, 2011

“Oh, tenha dó de mim
Pintou uma chance legal
Um lance lá na capital
Nem tem que ter ginasial
Meu amor”

(Bye bye Brasil – Chico Buarque)

Tão acostumada a ter que decidir entre duas coisas ruins se
viu obrigada a ter que decidir entre duas coisas muito boas.

Ir ou ficar?

Subir um degrau ou dar mais um passo a frente?

Permanecer ou voltar?

Família, amor, amigos ou tudo junto?

Teatro, TV ou cinema?

Mais do mesmo ou um mais de novo?

Sabia que aquele era uma decisão difícil, mas sorria pra
vida toda vez que ela ousava em obter uma resposta, porque sabia também que se algo não desse certo, voltar era sempre uma oportunidade de recomeçar melhor!

Anúncios
h1

Voltei

maio 29, 2011

“Quem acreditou
No amor, no sorriso, na flor
Entao sonhou, sonhou…
E perdeu a paz
O amor, o sorriso e a flor
Se transformam depressa demais

Quem, no coraçao
Abrigou a tristeza de ver tudo isto se perder
E, na solidao
Procurou um caminho e seguiu,
Já descrente de um dia feliz

Quem chorou, chorou
E tanto que seu pranto já secou
Quem depois voltou
Ao amor, ao sorriso e à flor
Então tudo encontrou
E a própria dor
Revelou o caminho do amor
E a tristeza acabou”

(Meditação – Tom Jobim)

Passei um ano sem escrever por aqui.

Minhas letras, palavras e frases andavam soltas

Procurando um caminho pra entender tudo que aconteceu

Uma rua de pedras se abriu e o caminhar ficou difícil

Entender? Era inadmissível.

Pensei, pensei e enquanto as palavras não vinham… fui
vivendo!

E assim descobri que mais vale viver que pensar.

Vivi a cumplicidade da minha família,

A conivência dos amigos,

A intensidade do trabalhar,

E a veemência do amor.

Muita coisa se descobre numa rua de pedras.

Principalmente que ela leva a algum lugar.

Estou de volta!